Fui sacar minhas Cotas do PIS/Pasep e o saldo estava zerado! O que fazer?

Como todos sabem, o Governo Federal liberou o saque das Cotas do PIS (empregados celetistas – Caixa Econômica Federal) e Pasep (servidores públicos – Banco do Brasil) para todos os cidadãos de todas as idades e que já trabalhavam até 04 de Outubro de 1988.

É certo que quem contribuiu após esta data fixada pelo Governo, não tem direito ao resgate.

pis-pasep-para-idosos

O assunto está bem divulgado nas mais variadas mídias do país; inclusive, é bem provável que as pessoas de até 59 anos já devem ter sacado. Ao todo são 13,6 milhões de cotistas e deve ser injetada uma baita de uma grana no mercado. O Calendário, dos saques, reabre dia 14 de agosto de 2018 indo até 04 de setembro de 2018.

liberar-pis-pasep-2018


O questionamento é o seguinte:

Fui sacar minhas Cotas do PIS/Pasep e o saldo estava zerado! O que fazer?

Pois é, se você comparecer à instituição financeira e se deparar com a história de que o seu dinheiro sumiu, ou que, mesmo preenchendo todos os requisitos não tem um centavo sequer, estando convicto de que tem saldo nas referidas cotas; apresentou, como prova do que diz, extrato que o Banco lhes remeteu em tempo pretérito – nesse caso, o que pode ser feito?

Casos assim já começam a ocorrer. Soube de uma situação em que determinado cidadão consultou o saldo das suas cotas, o sistema exibiu um valor considerável, mas, ao tentar fazer o saque, fora informado que o seu PIS/Pasep estava cancelado.

*Já pensou em abrir uma EIRELI ou uma pequena empresa? Se a resposta for sim, a resposta de como está AQUI!

Já pensou que problemão? E se isto ocorrer justamente com você?  Saberia como agir em situação idêntica?

Primeiramente, mantenha a calma!

Nada que um bom assobio não resolva!

Cantarole uma melodia!

Evite algazarras e gritarias com o funcionário da instituição bancária. Tenha em mente que ele está apenas cedendo e repassando as informações exibidas na tela do computador do Banco.

Procure imediatamente o Gerente Administrativo da instituição, abra um ‘chamado ou protocolo’, e aguarde as providências no tempo estimado pelo Banco (geralmente até 5 dias úteis).

Se, nem assim, esgotado o prazo a importância não aparecer; é hora de perseguir os seus direitos.

Faça uma denúncia ao Banco Central através dos canais de comunicação com o cidadão.

Cuidado com os termos usados em suas reclamações. Evite perder seu direito e sua razão ao exagerar nas palavras e termos.

Contenha a fúria!

Aguarde o tempo necessário. Geralmente tal denúncia funciona e se resolve a demanda de forma mais célere.

Outra dica é você formular uma reclamação no site Consumidor.Gov. O atendimento é totalmente online e a instituição bancária é acionada pelo Procon da sua região, no sentido de resolver a demanda.

Se, mesmo lançando mão de todas estas etapas e saídas administrativas o seu problema não for solucionado, chegou a hora de buscar  um Advogado!

Para tanto, reúna documentos e provas, mantenha a calma, respire profundamente e, caso não tenha recursos financeiros, procure uma Defensoria Pública mais próxima ou contrate os préstimos de um Advogado de sua preferência.

Por saber que o Direito não socorre aos que dormem, é recomendável agir rápido ou poderá perder do direito de ajuizar uma ação contra a instituição financeira respectiva (BB ou CEF).

Por Fátima Burégio, Advogada em Recife e Região Metropolitana (Veja seu perfil Aqui e no JusBrasil aqui), com alguma colaboração de Elane F. Souza (também Advogada e autora deste blog e perfil no JusBrasil

Fontes: Notícias da rede, inclusive Veja de 17.07.2018, citação das imagens para consulta

*PROJETO INSS 2019 – saiba mais AQUI

*Problemas para elaborar TCC? Saiba que isso é mais simples que pensa – veja  AQUI e este outro exemplo aqui

*Siga a nossa página no facebook Aqui e o Blog que deu origem a tudo AQUI


Anúncios

4 comentários

  1. Sou professor aposentado da Universidade Regional do Cariri-Urca e promotor de Justiça, da Procuradoria Geral de Justiça do Estado do Ceará. Das duas entidades, até hoje não recebi nada a título de crédito do Pasep. Como devo proceder para que esses créditos sejam pagos, se o Banco do Brasil afirma não haver nenhum crédito?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Boa noite. O nome da autora do texto está no final. É a Dra. Fátima Burégio, colaboradora aqui do site. A resposta poderá obter com ela! Entre em contato (os dados da Referida Adv. está no final do texto).
      Até logo, boa sorte

      Curtir

  2. Elane, bom dia aconteceu esse ocorrido comigo, mas não printei a tela quando a mesma me mostrou o valor a ser pago, hoje fui verificar novamente, pois o pagamento será amanha dia 12/11 e consta o saldo de 00,00

    Curtir

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.