VAMPIROS EMOCIONAIS

Quem nunca conheceu um vampiro emocional, um depredador tóxico-narcisista que levante as mãos?! Acho que todo mundo já conheceu e a maioria de nós convive, ao longo da vida, com pelo menos 10 (dez) – infelizmente! Os especialistas dizem que grande parte da população tem um pouquinho de vampiro, mas que apenas uma quantidade mínima tem transtorno de personalidade narcisista; estes sim são ‘quase’ impossíveis de conviver, pois são cruéis e sem nenhuma empatia; quem insiste acaba sugado (a), sem energia, vazio, sem alma, literalmente vampirizado(a) – um pouco ‘zumbi’!

A partir de três histórias verídicas ajudamos você a reconhecer um depredador emocional, um tóxico narcisista – ademais, sugerimos 12 filmes que contribuirão na identificação desses seres, e por fim, a forma de sair (juridicamente) de um relacionamento onde o vampiro é homem (esposo, companheiro ou namorado). Mas, Por que homem? – Porque existem mulheres vampiras (e muitas); todavia, aqui a solução apresentada é jurídica e tem a ver com a Lei Maria da Penha e a do Feminicídio – tampouco serão de utilidade para as vampirizações no trabalho, as de pais para com filhos e vice-versa; os vampiros estão em toda parte – até em nós mesmos; estejamos atentos!


Advogada há 15 anos, pós-graduada em Penal e Processo Penal pela Escola Paulista de Direito em convênio com a Estácio 2018. Este ano realizou dois cursos livres de Psicologia: TCC (Comportamental e Psicologia no crime – no total 280 horas); escreve para um portal chamado JusBasil, para seus blogues e, às vezes, dá consultoria jurídica. É apaixonada pelo Direito; mas, também pela Psicologia (suas áreas de maior paixão em Direito são: Dir. Humanos, Direito de Família, Direito Penal, Criminologia e Medicina Legal). Hoje, tudo que escreve está publicado em seus Blogs relacionados abaixo e no Jus Brasil (além disso, já produziu 2 outros e-books que estão na Hotmart). Seus contatos são:

Diário de Conteúdo Jurídico: https://www.diariodeconteudojuridico.com/Divulgando Direitos:  https://divulgandodireitos.com/ Cotidiano Diverso:     https://www.cotidianodiverso.com/  Jus Brasil: https://diariodeconteudojuridico.jusbrasil.com.br/


  1. COMO IDENTIFICAR UMA RELAÇÃO VAMPÍRICA
  2. APRENDA A CONVIVER COM UM VAMPIRO EMOCIONAL, UM PREDADOR
  3. LIVRE-SE DO VAMPIRO DE ‘SUA VIDA’
  4. FAÇA TERAPIA, SEJA FORTE – CONTATO ZERO
  5. QUANDO FOR PRECISO VÁ À JUSTIÇA – DENUNCIE E FUJA PARA BEM DISTANTE
  6. MELHOR TÁTICA: CONTATO ZERO!

  • NÃO É DIFÍCIL IDENTIFICAR
  • CONVIVER É MAIS DIFÍCIL QUE IDENTIFICAR –  ELES SÃO VICIANTES
  • NÃO É FÁCIL, MAS NÃO É IMPOSSÍVEL
  • RECAÍDAS SÃO AS PIORES FAZES DA RELAÇÃO
  • NA JUSTIÇA VOCÊ RESOLVE OS PROBLEMAS DE CASAL, FILHOS E BENS
  • HAVENDO FILHOS ATENTE-SE PARA ALIENAÇÃO PARENTAL

**De R$32,00 por apenas R$25,00 reais a partir do LANÇAMENTO (08-01) até um mês após (08-02-2019) – aproveitem – OPORTUNIDADE ÚNICA (no cartão, no boleto, paypal, você escolhe).

“Melhor forma de ser feliz é evitar contatos afetivos com pessoas tóxicas, pessoas narcisistas e antipáticas por natureza – nossa saúde agradece”!

Por Elane F. Souza (Adv.,Psi).

Vampiros emocionais – tóxicos narcisistas

OBS.: Este produto tem algo de Psicológico/Psicoterápico e de Direito. No entanto, é sempre aconselhável que as pessoas afetadas psicologicamente ou fisicamente não deixe de procurar ajuda especializada no assunto (e de forma presencial). Da mesma maneira, quando for preciso faça uma consulta jurídica; mas neste caso, estamos aptas a falar e agir!

Qualquer dúvida ou contato estamos em:

elanesouzaferreira26@gmail.com e

elanesouzaferreira@hotmail.com

Fone/whatsApp TIM: (81) 99620 3388

E nos blogs citados acima!

Obrigada a todos!


https://www.youtube.com/user/elanyy1

https://www.instagram.com/dcjbyelanesouza/


Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.